Destaques Notícias do Cotidiano

Objeto Disparador – 2016

O OBJETO DISPARADOR NA ESCOLA DO SÍTIO

 

 

A Escola do Sítio,
por ser uma Escola que trabalha com um currículo aberto e plural, optou há
alguns anos, por receber os alunos das séries iniciais do ensino fundamental,
com um “objeto re-significado”. É o que chamamos aqui na Escola de Objeto Disparador.

 O objeto Disparador é o ponto de
partida para um caminho a ser trilhado no qual abrem-se  portas,
possibilidades num movimento de descobertas intuitivas. A rede de ideias
iniciais que se forma é fruto de reflexões pessoais e do grupo a partir das
provocações que o objeto deflagra. Elencam-se assim caminhos, temas, eixos,
ideias que permearão o trabalho ao longo do ano.

 

 As reflexões que se seguirão, irão definir a
história que esse grupo irá escrever ao longo do ano. Uma história coletiva
escrita a partir das relações/reflexões do professor-educador e de cada um do
grupo.

 

O primeiro ano
recebeu com entusiasmo o objeto escolhido pela professora e iniciou o
levantamento de hipóteses entorno dele. Uma CAIXA? Quem a deixou na sala? O que ela irá guardar?  O que tem dentro dela? Qual o rumo que esse
objeto seguirá?

 

O segundo ano
começou o ano abrindo portas, janelas, baús e possibilidades… Uma CHAVE surgiu na sala como objeto
disparador. Muitas foram as hipóteses levantadas pelos alunos que com um olhar
mais refinado descobriram marcas deixadas ao longo do tempo na chave. Seria ela
a chave de um mundo mágico? Uma chave que abre ou fecha? As respostas só
saberemos ao final do ano, acompanhem …

 

Já o terceiro ano
ao voltar do lanche encontrou uma gaiola na mesa da professora. Uma GAIOLA? Quem poderia ter a deixado lá?
De quem era? Quem abriu a portinha? Muitas foram as perguntas e poucas foram as
respostas. Mas quem precisa de respostas quando se tem um mundo de
possibilidades.

 

O
quarto ano foi convidado a olhar para o céu. Uma LUNETA será o objeto que permeará o trabalho deste ano. Estrelas,
Planetas, Luas, Satélites serão foco do trabalho deste ano. E o que dizer dos
seres de outros planetas? Será que eles existem? E nós para onde vamos?  Quem somos?

 

E o
5º ano? Depois de vivenciarem quatro anos de trabalho com o objeto disparador as
expectativas do novo objeto veem de encontro com reflexões mais profundas. E a
chegada do objeto não podia ser diferente. Os alunos receberam cartas com
dicas.

O
que será que guarda lembranças e notícias, vindas de longe ou de perto?

Essa
foi a dica que chegou através de cartas aos alunos.  

Posts Relacionados

Em uma escola com tantos cantinhos verdes e mágicos, o projeto “Exploradores da Natureza”

escoladositio

Mata Atlântica, desmatamento e reflorestamento

escoladositio

Tratada como uma linguagem universal, a música é …

escoladositio