Notícias do Cotidiano

A Escola do Sítio, embasada pela BNCC

A Escola do Sítio, embasada pela BNCC (Base Nacional Comum Curricular), reconhece a necessidade de aprofundar o conhecimento sobre as culturas indígenas, suas peculiaridades, histórias, temporalidades e inter-relação com outros povos.
Para romper com visões distorcidas e equivocadas é necessário que os alunos entrem em contato e percebam a importância destes povos para a formação da nossa sociedade, reconhecendo o valor cultural e político que têm.
Para que nossos alunos conheçam e reconheçam esse papel cultural, o 2º ano leu de maneira coletiva e crítica, fazendo as conecções e indagações que surgiam, o livro PILAR NA AMAZÔNIA de Flávia Lins e Silva e Joana Penna.
Iniciaram então um estudo sobre guardiões da floresta: os povos indígenas.
Nos componentes curriculares, existem indicações de trabalho sobre os povos indígenas, preferencialmente de forma transversal e integradora, assim, junto com a professora de educação física, as crianças vivenciaram a pintura corporal com as tintas de jenipapo e urucum, que estão muito presentes no cotidiano dos diferentes povos que habitam o Brasil.
Explorar, conhecer, fruir e analisar criticamente práticas e produções artísticas e culturais dos povos indígenas nos permite um diálogo com as diversidades e o reconhecimento da arte como fenômeno cultural histórico e social.

Professoras: Giselle Vale, Amanda Rodrigues e Andrea Desiderio
Coordenação Pedagógica: Lucy Ramos

Posts Relacionados

O ano está diferente, mas as tradições permanecem.

escoladositio

Impressões do mundo

escoladositio

Palestra e Demonstração

escoladositio